segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Paulo e Estevão - Um Livro Fantástico

Eu estava bem reticente em ler o romance Paulo e Estevão, ditado por Emmanuel e escrito por Chico Xavier. Já havia lido Há 2000 Mil Anos e Cinquenta Anos Depois, que são obras de agradável leitura, mas pouco densas em lições.

Esses dois livros são quase como novelas da Globo. Existe um super vilão que consegue tudo ou quase tudo o quer através de meios pouco prováveis e no final as coisas mudam. Talvez sejam mais como uma novela Mexicana. O foco fica por conta das intrigas e os ensinamentos são poucos. Paulo e Estevão é completamente diferente.

É um livro recheado de lições interessantíssimas do início ao fim. É tão bem escrito e rico em detalhes que fiquei me perguntando: "Será que foi assim mesmo que aconteceu? Será que Emmanuel inventou tudo isso? Ou ele conseguiu coletar essas informações de algum lugar?"

Os personagens são riquíssimos em detalhes, cada um com suas características marcantes e estruturados de forma tão coerente que realmente parecem ter existido da forma como descrito. É uma obra muito emocionante que me fez até reconsiderar a possibilidade de ler Renúncia e Ave Cristo, os outros dois romances de Emmanuel, que havia optado por não ler.

É um livro Cristão que está acima das divisões sofridas por essa religião. Pode ser lido sem problema algum por Católicos, Espíritas ou Evangélicos. Por ser tão belo, creio que qualquer pessoa dessas religiões se sentirá profundamente tocada ao ler.