segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Escolha Suas Batalhas Com Cuidado

Faz algum tempo que eu decidi, de forma subconsciente, escolher mais cuidadosamente as minhas batalhas. Naquele tempo, era apenas uma questão de foco. Eu precisava de tempo para focar em um objetivo e aos poucos tive que fazer as escolhas, mas não havia refletido sobre a minha atitude.

Entretanto, depois que passei pelo processo e fiquei momentaneamente entre objetivos de vida, voltei a não selecionar bem as minha lutas, voltei a ser como antes e logo percebi o motivo de eu ter parado com isso. Essa atitude me desgasta e me consome. Toma tempo que eu poderia empregar em situações mais úteis e mais felizes. Costumo ser tomado por um ímpeto que consumia tempo absrudo e os resultados eram normalmente inúteis.

Foi então que me dei conta, notei quanto tempo e esforço eu gastaria e nessa hora consegui refletir melhor: preciso voltar a selecionar as minhas batalhas com mais cautela e de forma consciente, necessito ser preciso, focar naquilo que dará resultado e fará diferença na minha vida ou na vida das pessoas ao meu redor.

A maioria das nossas contendas são inúteis. Sabemos o resultado com antecdência, sabemos que nada vai mudar, mas por orgulho, por impulso ou por alguma outra razão, insistimos em fazer. Nesse último mês, dei um passo atrás. Parece que foi consolidar o aprendizado e dar mais dois passos à frente.

Como sempre acontece, daqui a alguns meses, a mesma situação se apresentará perante mim e terei a oportunidade de verificar se realmente aprendi a me comportar diferentemente.