segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Eu reclamo, mas eu tenho coragem de fazer?

Percebo que a maioria, quase todos, reclamam e reclamam muito, mas são muito poucos aqueles que tem a coragem de dizer: deixa que eu faço.

Um dia de aprendizado, mais um deles. Nem sempre conseguimos aprender uma lição na primeira passagem, as vezes precisamos de repetições quase infinitas, mas chega o momento em que aprendemos. Vemos a situação e já identificamos logo de cara. Sabemos o que está acontecendo. E hoje foi assim, consolidei um aprendizado.

É fácil falar que os outros estão fazendo errado, mas são raros os que se colocam naquele lugar para tomar as rédias e fazer como deve ser feito. Queremos que seja feito da melhor forma, mas queremos que os outros façam da melhor forma.

As coisas só vão mudar, quando cada um estiver disposto a fazer da melhor forma quando e se necessário. E nessa hora vamos saber que as coisas não são tão fáceis como pensávamos.