sábado, 16 de janeiro de 2010

Morte

Nos temos uma dificultade extrema em lidar com a morte e quando algo assim acontece ao nosso redor, as coisas parecem nos afetar demais, mas existe um motivo para isso.

O problema maior não é a morte em si, mas o nosso egoísmo e falta de compreensão das coisas. Egoísmo porque queremos que aquele ser continue aqui neste plano. Muitas vezes sofremos, não por quem vai, mas porque não podemos mais estar com quem se foi. Então, sofremos porque não podemos fazer ou ter algo que gostaríamos, nessa caso, estar com quem se foi.

Tem gente que prefere manter alguém aqui neste plano em sofrimento do quer permitir que a pessoa se vá e faz de tudo para atrasar o inevitável.

A falta de compreensão em torno da morte também causa problemas. Tem gente que acredita que acabou e gente que acredita que o morto está com problemas agora, mas pode não ser bem isso.

Vejo a morte como uma libertação. Você passa a estar livre deste mundo e pode até ser que enfrente problemas do outro lado por causa do que fez em vida, mas me parece que é uma hora de aprendizado, uma hora de rever tudo o que aconteceu nos anos que passamos aqui e de melhorar. Me parece que é hora de se recuperar de tudo o que aconteceu neste planeta.

Não tenho medo da morte, tenho curiosidade em relação a isso, mas não quero ir agora. Eu gosto de viver e também sofro quando alguém se vai, é quase inevitável. Por mais que eu comprenda um pouco o que a morte significa, ainda sim eu fui criado com um conceito diferente e mudar nossos conceitos é algo realmente difícil.