sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Como se fossemos eles.

Por mais difícil que seja, o que deveriamos fazer é olhar para os outros como se fossemos eles. Deveríamos levar em conta isso em todos os momentos de julgamento. E se fosse eu naquela posição? E se eu estivesse passando por esse momento? E e seu estivesse sujeito às mesmas regras, condições e pressões?

Fazer isso de forma completa é impossível, porque a nossa visão de mundo é resultado único de nossas experiências e não vamos conseguir nos colocar completamente no lugar do outro, mas se tentarmos, o resultado pode surpreender e nosso julgamente pode mudar de forma brutal.