terça-feira, 10 de maio de 2011

A Falta de Conhecimento Espírita

Eu achava que conhecia o Espiritismo relativamente bem. Em alguns casos, até respondia que tinha tendencias espíritas quando me perguntavam minha religião, mas a verdade é que eu não fazia a menor idéia do que eu estava falando.

As informações que eu havia recebido eram extremamente limitadas e o conhecimento que eu tinha nem era suficiente para arranhar a superfície da coisa. Já faz quase um ano que comecei meus estudos a sério. Muitas aulas , alguns livros e alguns debates depois eu percebi meu erro. Na verdade, percebi meu erro logo quando comecei a ouvir O Livro dos Espíritos, mas só processei tudo agora.

Eu não tinha noção da minha falta de conhecimento da Doutrina Espírita, mas agora eu tenho noção do quanto me falta aprender e mudar. Existe, literalmente, uma montanha de livros me esperando e vou ter que evoluir muito minha leitura super lenta. Espero que lancem mais audiobooks logo.

Já debati e conversei com pessoas de muitas religiões diferentes e sem religião também. E assim como acontece comigo, falta conhecimento a essas pessoas. O problema é que decidimos criticar algo que não fazemos nem idéia do que é. Isso acontece com outras religiões também.

No Livro dos Médiuns Kardec comenta que aceita críticas de qualquer pessoa com tanto que essas pessoas tenham estudado tanto quanto os mais fervorosos estudantes da Doutrina Espírita.

Porque Allan Kardec escreveu isso? Porque falamos sem conhecimento e se estudarmos um pouquinho vamos perceber que a resposta para os nossos questionamentos já existe. Não permaneça na sombra que a ignorância projeta em você. Estude, aprenda, depois comente.