quinta-feira, 7 de abril de 2011

Assassinando Pit Bulls

Hoje eu esatava assistindo um programa no Animal Planet sobre Pit Bulls. Um dos blocos do programa era sobre uma cidade americana, que não me lembre o nome, onde foi aprovada uma lei que todo e qualquer Pit Bull deve ser sacrificado.

E a reportagem mostrou um caso de um animal dessa raça que morava com uma mulher. Um cão calmo, criado por ela, que sempre viveu com ela. Um animal muito amoroso, como a maioria dos cães. O coitado não brigou ao ser levado por um policial, não rosnou e quando foi levado para a sala onde seria morto, foi com o rabo abanando. Depois, a câmera filmou uma alma muito infeliz saindo da sala com o animal em seus braços, morto.

Na minha cabeça permanecem várias perguntas. Isso mostra que o homem, mesmo nos países mais desenvolvidos, ainda cria leis pensando apenas em seus interesses. Provavelmente, uma pessoa que foi mordida por um desses animais ficou com muita raiva e por ter o poder, criou um lei que mata muitos animais inocentes todos os dias. E outras pessoas medrosas, ou que passaram por isso, apoiaram a lei.

Mostra também o quanto somos ignorantes. Já aprendemos que o problema não é a raça, mas o indivíduo. Isso seria como matar todos os brancos do mundo em resposta ao que os Alemães ou a Igreja Católica fizeram ao mundo. Ou matar todos os negros por causa do comportamento violento que acontece na África hoje em diversos países. Qual é o sentido? Sabemos que o problema não é a raça, mas o indivíduo.

Sabemos que a criação faz diferença e porque as pessoas continuam a ignorar este fato quando o assunto se refere aos animais? Porquê? Pobres das almas que fizeram essa lei. Pobres das almas que executam essa lei. Ainda há muito a sofrer.

Para piorar. Esse é um problema que as pessoas criam. São elas que treinam os animais. Não são os próprios animais que decidem se matar. Nós fazemos isso. Perturbamos as fracas mentes dos animais para que eles façam coisas terríveis. Coisas que muitos de nós ainda fazemos, ou não fazemos porque não queremos acabar na prisão. E depois, nós mesmo decidimos que os animais devem morrer. Qual é a punição para treinar Pit Bulls para lutas? Morte para os cachorros e multa para os treinadore?. Sim, isso vai resolver o problema com certeza.

Eu poderia ficar horas aqui escrevendo, mas acho que já me fiz entender.